A música faz bem à saúde. Apontamos-lhe cinco vantagens deste hábitos

0
17

Se acha impossível passar um dia sem ouvir música, saiba que a própria ciência defende-o.

Momentos de dança à parte, não é só para descanso e lazer que a música serve. O hábito de ouvir música enquanto se faz qualquer outra atividade tem, também, vantagens a nível mental e mesmo físico.

Medical Daily aponta cinco aspetos positivos associados a este hábito que servirão, no mínimo, para criar uma nova playlist.

1. Torna-o mais eficiente: Ouvir música ajuda a que o corpo não se foque tanto no cansaço, logo, se ouvir música enquanto corre ou faz qualquer outro tipo de treino, terá melhores resultados. Não só nos casos de exercício físico, a prática parecer ser também eficaz noutras tarefas mais mentais, já que a atividade cerebral é também melhorada.

2. Reduz os níveis de stress: Que é o mesmo que dizer que o deixa mais feliz. Ouvir música ajuda a reduzir a hormona cortisol, conhecida como hormona do stress, e o efeito parece perdurar por algum tempo já que tal redução foi confirmada, em estudo, dias após algumas pessoas ouvirem concertos de música.

3. Melhora a sua capacidade cognitiva: Ou seja, melhora a sua habilidade em realizar determinadas tarefas. Tal é visto principalmente em crianças que aprendem música

4. Melhora o sistema imunitário: Esta é uma das vantagens a nível físico de que falávamos e que se associa à redução dos níveis de dor. É por isso que alguns especialistas focam-se na terapia através da música iclusiva para apoiar casos de doentes oncológicos ou com fibriomalgia.

5. Melhora a produtividade: Não só enquanto treina, mas também enquanto trabalha, a música deve estar sempre presente. Para alguns, o hábito pode levar À distração, principalmente se a música escolhida contar com voz e não só instrumental ainda assim, cientistas apontam esta vantagem, principalmente quando a tarefa a desempenhar é metódica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here