FDS captura suspeitos de assassinado em Cabo Delgado

0
32

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) capturaram três indivíduos suspeitos de terem assassinado, há duas semanas, dois cidadãos no distrito de Nangade, na província de Cabo Delgado.

Entre os suspeitos, todos residentes de Nangade, destaca-se um antigo líder comunitário, segundo fontes locais citadas pela Rádio Moçambique.

Os detidos são suspeitos do assassinato de duas pessoas, uma das quais professor e director da Escola Primária de Nangade, assassinadas com recurso a catanas no dia 30 de Janeiro, quando seguiam de motorizada por um caminho de terra batida, junto à aldeia de Mwangaza, para participar no arranque do ano lectivo.

O governador de Cabo Delgado, Júlio Parruque, esteve no domingo em Nangade, tendo deixado uma mensagem de apoio às famílias das vítimas e apelado à comunidade para manter-se vigilante.

“Nós temos filhos de Nangade que se deixam comprar pelos malfeitores. Esta é uma grande preocupação que nos obriga a organizar-nos e, sobretudo, a unirmo-nos, sempre vigilantes, disse o governador daquela província.

A onda de violência em Cabo Delgado eclodiu após um ataque armado a um posto da Polícia de Mocímboa da Praia por um grupo com origem numa mesquita local que pregava a insurgência contra o Estado e cujos hábitos motivavam atritos com os residentes desde há dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here