É assim que vai conseguir as batatas fritas perfeitas

0
149

 É certo que não é um ‘prato’ nada complicado, mas já que vai pecar com este snack salgado, perca cinco minutos e garanta que ficam no ponto ideal.

As batatas fritas querem-se estaladiças e douradas por fora e suaves no interior, o que nem sempre é conseguido (e não é por isso que se deixa de comer o que acabou de sair do óleo). Para o conseguir sem falhas, há simples aspetos a ter em conta.

O primeiro é as batatas que utiliza, que devem ser o mais novas possível– são estas que contêm mais água, o que vai permitir que o óleo quente reaja e ‘salte’ mais.

Quanto ao corte, vai depender do gosto de cada um, apenas tenham em atenção de que deve manter os palitos sensivelmente do mesmo tamanho, caso contrário, nem todos irão fritar ao mesmo tempo e será impossível de retirar apenas as que se fritam primeiro. Conclusão, vai acabar por queimar algumas.

Em relação ao óleo utilizado, é o óleo de girassol que deixa as batatas menos pesadas e oleosas.

Além disso, o óleo de girassol aguenta melhor as suas propriedades em relação ao azeite virgem, quando exposto a altas temperaturas.

A par destes aspetos, o El Confidencial acrescenta um truque que passa por garantir que coloca as batatas em óleo a uma temperatura de 160ºC, assim as batatas vão aquecer gradualmente e não sentir um choque térmico, que acabaria por deixá-las demasiado fritas e não suaves por dentro.

Caso não as vá comer todas logo após fritas, retire-as antes de ficarem prontas e guarde-as até 24horas num recipiente com base metálica. Depois frita-as uma segunda vez, colocando-as em óleo aquecido a 200ºC.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here