Confrontos armados fazem 11 mortos no México

0
61

Pelo menos 11 pessoas morreram, ontem, no turbulento estado de Guerrero, no sul do México, na sequência de violentos confrontos entre homens armados e agentes da comunidade local e da polícia.

Segundo o porta-voz da segurança do estado de Guerrero, no México, Roberto Alvarez, oito pessoas morreram na sequência de uma emboscada à polícia da comunidade antes de amanhecer na cidade de La Concepcion.

Mais tarde, a polícia do estado chegou ao local para desarmar os agentes locais, e outro tiroteio teve lugar resultando em três mortes.

O procurador-geral do estado, Xavier Olea Pelaez, afirmou que 30 membros da polícia comunitária foram detidos por suspeita de crimes como homicídio e posse de arma ilegal e de droga.

Hernandez, que é um colaborador regular da AP, embora não estivesse ao serviço da agência neste caso, indicou ainda que capturou imagens da polícia a recorrer ao uso da força contra os locais que tentavam evitar a detenção de agentes da comunidade: “Algumas pessoas foram arrastadas pelos cabelos e levadas”.

Guerrero é um dos mais violentos estados do México, onde atuam gangues de crime organizado.

Pelo menos 11 pessoas morreram, ontem, no turbulento estado de Guerrero, no sul do México, na sequência de violentos confrontos entre homens armados e agentes da comunidade local e da polícia, avança o Notícias ao Minuto.

Segundo o porta-voz da segurança do estado de Guerrero, no México, Roberto Alvarez, oito pessoas morreram na sequência de uma emboscada à polícia da comunidade antes de amanhecer na cidade de La Concepcion.

Mais tarde, a polícia do estado chegou ao local para desarmar os agentes locais, e outro tiroteio teve lugar resultando em três mortes.

O procurador-geral do estado, Xavier Olea Pelaez, afirmou que 30 membros da polícia comunitária foram detidos por suspeita de crimes como homicídio e posse de arma ilegal e de droga.

Hernandez, que é um colaborador regular da AP, embora não estivesse ao serviço da agência neste caso, indicou ainda que capturou imagens da polícia a recorrer ao uso da força contra os locais que tentavam evitar a detenção de agentes da comunidade: “Algumas pessoas foram arrastadas pelos cabelos e levadas”.

Guerrero é um dos mais violentos estados do México, onde atuam gangues de crime organizado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here